was successfully added to your cart.

Como muitas vezes referi, estamos a passar uma fase de transição, a qual começou com bastante intensidade a partir de 2010.

A Hora onde o mundo desperta.. causa sem dúvida abanões intensos emocionais, nas nossas mentes e também nas nossas Vidas.

 

Foi nos pedido deixar de resistir e controlar as nossas Vidas, as nossas emoções, a nossa mente, a nossa maneira de ver a própria Vida.

O Desperto em Portugal

 

Portugal…. um país que adoro, o qual faço questão que seja o meu próprio país.. o que na verdade não é. Mas no fundo, o nosso país ao meu ver é simplesmente o país do nosso coração, aquele país onde vibramos, cuidamos dele, amamos, lutamos por ele..

Adoro tudo neste país … mas arrrrhh … há alguma coisa que confesso incomoda-me um bocado… A maneira como as pessoas olham para a Vida.

O próprio fado que adoro é assim… lamentando-se! O Povo português não dá bastante importância ao país que tem.. Um dos países mais bonito da Europa!! Qualidade de Vida … uahuuu é um máximo! mas muitas vezes gostamos de olhar e dar importância ao mundo das Ilusões.. Ilusões do materialismo, dos títulos, das carreiras.. Mas também sem duvida muitas pessoas infelizes..

 

Portugal passou por uma crise financeira, politica e económica em 2010… com ainda repercussões bastante consequentes hoje em dia. Porquê? Porque simplesmente tinha que ser.

Muitos caíram, outros cresceram, tivemos a nível planetário uma abertura de consciências, (pois o ser humano é mesmo assim : cair para renascer) afim de olhar para o mundo do poder e das ilusões como algo que não é o que realmente faz evoluir, que não é o que realmente nos dá a verdadeira felicidade.

As mascarás caíram para muitos políticos, e tivemos que recuar as nossas Vidas, e nós Reestruturar na dor claro, mas sem dor não podemos mudar os nossos comportamentos e centrar-nos à nossa própria essência.

Obviamente, falo de maneira geral, mas isso aconteceu a nível planetário..

 

As resistências continuam..

Hoje em dia, ouvimos tantas vezes falar de depressões, burnout, ataques de pânico… ou seja desequilibro emocional.

Crescemos e fomos educados de forma a ser duros, a lutar, a não chorar “chorar é para os fracos”…

O que acontece? É como um vulcão…. o magma sobe, sobe até sair, explodir.

Nós somos EXATAMENTE iguais! O facto de não acompanhar as nossas emoções faz que um dia… além de ver tudo mal.. vivemos no bloqueio e na tristeza.

 

“Os homens que perdem a saúde para juntar dinheiro e depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde; Por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem o presente, de tal forma que acabam por nem viver no presente nem no futuro; Vivem como se nunca fossem morrer e morrem como se nunca tivessem vivido.”

― Buda

Quando todos os eventos planetários estão ligados uns aos outros

 

Nessa fase de transição, o universo provoca situações de forma a poder  reestruturar o planeta.

Na véspera do fogo de Pedrogão em Portugal,  Tive a visita durante a noite de um Ser Invisível como um género de guardião da Terra.  Veio simplesmente para mostrar-me uma Bola na mão dele, uma bola enorme que significava o nosso Planeta. Lembro-me da bola viver um caos, nela via luzes, vento… tudo ia muito rápido.

Não quis saber mais, observei a cena de forma neutra e adormeci.

O dia seguinte descubro o incêndio de Pedrogão claro de forma brutal..  Logo quero saber onde se situavam essas Aldeias. Faço como toda a gente, vou ao googlemaps e descubro que Pedrogão Grande encontra-se no centro de Portugal e ouço os guias a dizer no mesmo momento:

_ “No centro tal um alvo” e no mesmo momento enviam a imagem do jogo do alvo com as setas para eu perceber melhor a intenção.

Respondi assim de forma emotiva:

_ “Mas isso é horrível como podemos fazer viver isso às pessoas?”

_ E respondem “Por quê que vós Humanos reagem dessa forma perante o Incontrolável, bem que vocês fazem pior ao planeta?”

_”Julgarás que a natureza também não tem Vida”? “Julgarás que a Humanidade não danifica o próprio planeta ?” Aconselho-te aprofundar o conhecimento com o “Acordo de Paris”.

Descobri logo que o Acordo de Paris estava ligado com o aquecimento do planeta, e compreendi que o que se passava era simplesmente uma maneira de reestruturar o modo de funcionamento do mundo, das nossas consciências, e também questionar-nos sobre a nossa posição com a natureza.

 

O Desperto e os Catástrofes naturais

 

Penso que além disso não podemos estar neutro perante os últimos catástrofes naturais nomeadamente os furacões.

Para perceber melhor, o que faz um furacão? limpa tudo! Limpa todas as estruturas materiais mas também invisíveis. E se repararmos bem, veio limpar todas as zonas do planeta mais apagadas, as quais são mais afastadas da evolução planetárias. Por exemplo, e como nada é por acaso, o furacão Irma foi o furacão o mais devastador. E sabes o que quer dizer Irma? a etimologia o próprio nome? Quer dizer: Enorme.

 

Top para uma simples coincidência não é?

 

O universo quer-nos apresentar ma responsabilidade com a nossa própria natureza, o nosso planeta, a nossa maneira de respeitar o mundo e a nós-mesmos, a nossa maneira de ver o mundo com outro olhar, outro respeito, onde vivemos mais numa energia de solidariedade e não de individualismo.

 

Quantas ás pessoas que morreram nesses catástrofes, não podiam não passar por aquele sitio ou aquele momento. Neste caso a morte material estava programada. Muitas vezes sofremos por imaginar o que essas pessoas deviam ter sofrido naquele momento. Não se preocupem, para o acontecimento não ser tão traumático para eles, a própria alma é projectada do corpo antes do acidente de forma a poder viver continuar em paz.

 

Tratem bem de vocês,

 

Good Vibes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leave a Reply