was successfully added to your cart.

A morte física é algo que nos toca a todos. Pode ser com os nossos familiares, amigos e um dia claro, tocar a nossa porta. 

O que acontece depois da nossa morte física?

 

A morte é um assunto que toda a gente teme. As vezes podemos sentir alguma dúvida sobre a existência espiritual, algum receio, algumas interrogações.

Independentemente de todas as reflexões sobre o assunto e entendo com algum ceticismo, as consciências abrem-se cada vez ao mundo invisível bem com  a própria ciência que provou que a Vida espiritual existia.

 

Quis partilhar esse post para definitivamente falar da minha experiência, da minha maneira de ver a morte, através de alguns contactos espirituais que tive com diferentes Almas para explicar o que de facto acontece depois da nossa existência terrestre e ajudar a entender melhor esse momento doloroso para muitos. 

 

O que é uma Alma ? 

 

Uma Alma é uma energia sem corpo físico, a qual mantém sempre as suas características como a  sua personalidade e as suas emoções. Ficam sempre com a mesma maneira de Ser como tinha sido aqui na Terra (brincalhão, carismático, jovial. Etc)  

Podem mostrar a cara ou o corpo em caso de contacto para reconhecermos a pessoa.  

Uma Alma é um Ser que se desloca de um lado para outro da mesma forma como vêm os nossos pensamentos ou seja… rapidamente. Ela não tem a mesma noção do tempo. A noção do tempo linear é um tipicamente Humano.

Uma alma pode pensar que 100 anos para nós Humanos é para ela 1 dia. 

 

O que se passa na Morte? 

No caso do fim da Incarnação, o espírito sai do morto físico e muitas vezes fica a volta dos familiares até presenciar ao funeral. 

Muitas vezes falam de alguns detalhes do funeral com alguma distancia emocional, entendem que é o fim da existência deles e levam isso com maior tranquilidade, paz e já tive caso com certo humor. 

A alma pode levar alguns dias para levitar dependendo da escolha e da maneira como o defunto morreu.  

As emoções deles ficam. No caso de uma morte repentina, brutal ou complicada, precisam de algum tempo para entender, compreender, deixar os pesos emocionais de lado para poder levitar. 

 

No caso de doenças, no fim da existência terrestre vemos o doente sem reação, como se já não estivesse nesse mundo. De facto, a pessoa já se encontra num mundo meio espiritual, meio terrestre. A alma sai e volta no corpo para adaptar-se ao corpo espiritual. Já consegue ver os próprios guias, os quais falam, explicam e acompanham a Alma a purificar-se.  

 No Caso de morte súbita, ou morte complicada, a Alma pode demorar o seu tempo a levitar conforme o seu livre-arbítrio. Leva o tempo que quiser para entender que já não se encontra nesse mundo, muitas das vezes perdidas e com algumas interrogações e reflexões.

É muito importante para eles quando os familiares aceitam a morte da pessoa. De facto o defunto pode ficar bloqueado na vida terrestre por causa das tristezas dos familiares. Fica também com tanta tristeza e frustração de ver os que ama no desespero que prefere ficar com eles. Em caso de não compreensão, a Alma pode ficar bloqueada por causa do peso das emoções que a própria sente, ou as vezes fica por causa de problemas familiares por resolver. 

 

 

Bloqueios emocionais tardam à levitação da Alma 

 

Quando saímos do nosso corpo físico, um filme da nossa vida surge. Voltamos a viver os grandes momentos das nossas Vida com a intervenção dos Guias conforme o nosso plano de incarnação posteriormente acordado. Algo do género… “Estas a ver aqui decidiste ir para esse caminho, mas não devias ter feito isso … entendes o porquê dessa situação….).  para saber mais sobre os guias é por aqui :Estamos acompanhados diariamente por Guias!

Além de viver outra vez o filme da nossa Vida, queria reforçar o termo: Viver, porque de facto vivemos as próprias emoções das situações passadas e de forma mais intensa bem como as emoções das pessoas que cruzaram o nosso caminho.

Imaginem o peso em caso de mágoas, feridas, mas também felicidade, paz etc… 

Infelizmente, a frustração, ou para certas pessoas tristezas ou raiva do que fizemos rapidamente nos atinge até gerar um peso emocional dentro da nossa própria Consciência. 

Os pesos emocionais tardam a levitar a Alma, só conseguimos levitar quando a mesma encontra-se em Paz com ela própria. 

 

A Ida para o mundo espiritual 

 

Quando é altura de despedir-se da vida terrestre, falam da tal luz ou do túnel de luz que muitas vezes em caso de  EQM (Experiência de Quase-Morte) explicam com detalhes semelhantes. 

Eu vou vos contar uma experiência que vivi. Penso que não vou conseguir encontrar as palavras “Humanas” corretas para explicar o acontecimento. 

 

 

A minha Viagem para o Túnel

Sou uma pessoa que faz muitas projeções atrais ou também chamamos viagens astrais, ou seja, muitas das vezes, a minha consciência sai do Corpo e levita para outros planos.  

Sempre quis compreender o sentido da Luz que muitas das vezes os defuntos falam. Para mim era impossível falar ou defender um assunto sem eu própria viver. Um dia, os Guias deram-me a oportunidade de ver essa Luz, esse tal Túnel.  

Cheguei num mundo onde tudo estava tão luminoso, tão pacifico, onde a própria luz e energia a volta enchia-me de tanto Amor… um Amor incondicional, um Amor inexistente na Terra, algo que dificilmente descrevemos. Um Bem-estar incrível, uma Paz enorme. 

Lembro-me das cores tão bonitas, cores suaves, cor de rosa, azul, amarelo, branco. Fiquei tão fascinada com essas cores que nem sequer estava atenta ao que dizia a pessoa ao meu lado. Havia um Ser luminoso que explicava que ia surgir depois dessa viagem, o quadro era tão bonito que nem dei importância ao que me dizia tão  entusiasmo e contemplação desse mundo maravilhoso era enorme! 

 

Só entendi no fim a pessoa parar de caminhar e disse-me: Elise tens que voltar, não podes ficar aqui, não é a tua hora. 

E de repente voltei ao meu corpo de forma tão rápida, algo como um segundo. Foi um choque; olhei a volta, achava o nosso mundo tão escuro até a própria luz do dia era escura, as energias tão pesadas. Fui nessa volta que entendia quando os Guias falavam do nosso Mundo as vezes sendo tão austero.  

 

Voltamos para os nossos defuntos… 

 

A Vida espiritual 

Ao chegar ao mundo espiritual, encontramos as outros defuntos familiares nossos, amigos próximos os quais vêm nos acolher. 

Muitas das vezes falam de uma festa entre eles para comemorar o reencontro. 

Lamento informar que não existe um S. Pedro a frente da porta do Paraíso a julgar pelo que fizemos ou não fizemos. Não!! É a nossa própria consciência depois da leitura do filme físico que nos vai fazer refletir e decidir sem Ego, o que é o melhor para nos. 

Não vou falar neste momento sobre os casos de pessoas que fizeram muito mal, crimes etc.. Penso que é um assunto a ser tratado e explicado num outro artigo pela complexidade do tema. 

Após a chegada a vida espiritual, muitas vezes as pessoas vão num centro de repouso, é por isso que muitas das vezes é difícil entrar em contacto com os defuntos logo depois da morte porque os mesmos não se encontrem disponíveis. Pois a Vida Terrestre, é qualquer coisa!! Não se esquece de um dia para o outro!! 

 

Depois da alma purificar-se vai então decidir de algumas missões como ser Guia para outros futuros incarnados, ou proteger a Terra, ou what else.. Pois a vida continua também la!  

 

A vida é um Sopro..

 

Para resumir, não se esqueçam que a vida é um sopro…. queria reforçar com esse post a importância de vivermos em paz no nosso dia-a-dia, saber tratar de nós e também tratar dos outros é muito importante. Gerir os nossos pesos emocionais e as nossas frustrações e aceitar o que a vida nós traz. Ja tive que tratar de muitas almas perdidas por incompreensão ou frustrações do próprio vivido. Acreditem que não é fácil lidar com esse bloqueio! não consegue levitar e ficam bloqueados num plano não cor-de-rosa!

Quanto aos nossos defuntos luminosos, mesmo estando no outro lado, estão sempre presentes. Muitas vezes podem falar nos sonhos, nos acarinhar sentindo uma sensação de quente, enviar-nos mensagens como flores, corações etc… Estão sempre connosco.

 

Tratem bem de vocês,

 

Good Vibes

Leave a Reply